Conheça a metodologia TRIZ (Teoria da Solução Inventiva de Problemas) e meu canvas

INOVAR… POR QUE?

O assunto é sério:

  • Não dá para competir só em qualidade e preço;
  • É preciso diferenciar-se dos concorrentes;
  • Os concorrentes estão inovando para diferenciar-se…

A core competence da TRIZ é a geração de boas idéias

Inovar não é somente “idear”, mas, sem boas idéias, não há como inovar

ABORDAGEM DA TRIZ

UM POUCO DO HISTÓRICO

  • A sigla TRIZ é usada no mundo inteiro;
  • Foi desenvolvida a partir dos anos 50 na ex-URSS;
  • Dificuldades no desenvolvimento: carta para o camarada Stalin, temporada no GULAG, …
  • Expansão mundial iniciada nos anos 90;
  • Crescimento muito grande nos últimos anos;
  • Originalmente: estudo de sistemas técnicos, “hard TRIZ”;
  • Recentemente: aplicações em software, marketing, pedagogia, artes, etc.

O PROCESSO GERAL DA TRIZ

imagem do livro https://www.amazon.com/gp/product/1574441116

QUEM TEM UTILIZADO A TRIZ

lstom, BMW, BP Amoco, Boeing, BOSCH, Chrysler, Dana, DTM, EMBRAER, Emerson Electric, Ford Fraunhofer Institut ,General Motors, Goodyear, Hewlett Packard, Honeywell, Intel, Johnson & Johnson Lockheed Martin, Lucent, MIT, Motorola, NASA, National, Semiconductor, Navistar, Nordak Innovatikk AS, Nortel, Nupro (Swagelok), Panasonic, Pratt & Whitney, Renault, Ridge Tool, Rockwell, International, SABÓ, Samsung, SEBRAE-RS, SENAI PR, Solarex,TECPAR, United States, Air Force,UFSC, UTFPR, Whirlpool Xerox.

APLICAÇÕES DA TRIZ

  • Desenvolvimento de produtos, processos e serviços (PPS)

– Melhoria de PPS existentes — Novos PPS

• Fabricação

– Melhoria da qualidade, produtividade, confiabilidade, mantenabilidade, flexibilidade

  • Pesquisa básica e aplicada
  • Propaganda
  • Estratégia

E… sempre que uma idéia criativa é necessária!!

A TRIZ …

  • Estrutura o tratamento de problemas;
  • Ajuda a criar uma prática da criatividade;
  • Permite fugir das soluções convencionais e gerar idéias originais, que possam ser protegidas e vendidas;
  • Acelera o processo criativo. Uma vez treinada, uma pessoa rapidamente pode identificar e resolver contradições;

Conhecer TRIZ resulta em: a criatividade deixa de ser dom de poucos e passa a estar ao alcance de todos.

Eu Suzyanne Oliveira Gostaria de compartilhar meu trabalho de mestrado em Gestão e Inovação de Produtos na UFRN, resultado do estudo aprofundado de meses da metodologia TRIZ, o Canvas Analytical Tools.

Canvas criado por Suzyanne Oliveira

https://commons.wikimedia.org/wiki/File:TRIZ_-_Analytical_tools_1.0_-_Suzyanne_Oliveira.pdf

O canvas é junção de algumas técnicas usadas na utilização da TRIZ, são elas: (1) DTC, (2) AntiSistema e (3) 9 Janelas.

(1) Teoria do DTC

O operador DTC não tem como objetivo dar uma resposta para o problema.

Seu objetivo é quebrar a Inércia Psicológica que bloqueia a imaginação de modo a tornar o problema mais claro e fácil de resolver.

São seis perguntas que o facilitador deve analisar:

O que acontecerá se a dimensão do produto diminuir ? O que acontecerá se a dimensão do produto aumentar ? O que acontecerá se o tempo para realizar a ação diminuir ? O que acontecerá se o tempo para realizar a ação aumentar ? O que acontecerá se o custo do sistema diminuir ? O que acontecerá se o custo do sistema aumentar ?

(2) Teoria do AntiSistema

É a contradição técnica pela contradição…

Por exemplo…

Sistema: Sistema com banco de dados / Anti-Sistema do Sistema: Sistema sem banco de dados

A formulação bem sucedida de uma contradição mostra geralmente o núcleo do problema.

(3) Teoria das 9 Janelas

Um obstáculo comum à inovação é a dificuldade de definir o problema devido à complexidade da situação.

Problemas complexos precisam ser analisados sobre distintas perspectivas para serem adequadamente entendidos e definidos.

A técnica Nove Janelas pode ajudar a desvendar a complexidade de forma que o problema se torne mais claro.

É uma ferramenta visual que permite analisar a situação sob diferentes perspectivas, especialmente em pensar sobre o problema a resolver em termos de TEMPO e ESPAÇO.

O princípio básico desta técnica consiste em dividir o universo do problema em nove segmentos, conforme mostrado no Canvas.

No uso da técnica das Nove Janelas, o conceito de futuro é bastante elástico, tanto pode ser no minuto seguinte, como no próximo dia, semana, mês, ano ou século. O mesmo com o conceito de passado.

A maior dificuldade no uso desta técnica pode ocorrer na identificação do subsistema e do macro sistema.

O subsistema consiste das partes que formam o sistema; o macro sistema é o ambiente onde o sistema funciona.

A janela central, Sistema-Presente, é onde automaticamente nosso cérebro se concentra toda vez que confrontado com uma situação ou problema a solucionar.

A técnica das Nove Janelas nos ajuda a superar a inércia mental que nos prende ao tempo presente e ao nível do sistema. Em resumo, ao pensarmos sobre a melhoria do projeto de um produto, ou na solução de um problema, podemos enfocar o problema sob nove diferentes perspectivas, combinando os enfoques temporais (passado, presente e futuro) com os espaciais (subsistema, sistema e macro sistema).

Fornece até nove perspectivas para olhar o problema, nos ajuda a olhar o problema sob uma perspectiva mais ampla.

Algumas vezes você conseguirá responder a todas as nove perguntas, outras vezes somente algumas.

De qualquer forma, esta técnica abre novos e amplos caminhos e pode ser usada nas diversas etapas do processo de análise e solução de problemas: definição do problema, coleta de dados, análise das causas, geração de idéias, seleção e avaliação de soluções.

FOTOS

--

--

suzyanneoliveira.com

Love podcasts or audiobooks? Learn on the go with our new app.

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store